30 julho 2013

Count the stars.




27 julho 2013

um semestre depois...

Ora, ora, ora. 
Estou em BH a caminha da minha querida terra da esperança mais uma vez. 
Um semestre atras eu passei um dia inteiro aqui, fazendo o mesmo trajeto. 
Mas se a Raquel de janeiro visse o que estava para acontecer nesta primeira metade do ano...
E a verdade é que não ter ideia do que estava por vir foi uma boa coisa. Me fez segurar no Eterno. Fortaleceu minha fé. Me encheu de esperança. E me rendeu ótimas surpresas!

E que nesta estada sorridente no aeroporto (apesar do sono de antialergico) eu não me esqueça do essencial. Não me desvie para o aparentemente confiável. 
Mas que eu me mantenha voltada para O que fez mais do que eu poderia imaginar nos meus sonhos mais loucos para o começo de 2013. 
Para O que é o motivo de todo sonho, loucura e surpresa. 

Em breve embarco mais uma vez pro Haiti. 
E o que vai acontecer neste segundo semestre... Ah, isso eu deixo pro melhor Autor e Criador que essa história já viu :)

11 julho 2013

quando não cantaram "fuego".

De volta ao Recife, com chuva, gripe, trânsito e muito trabalho acadêmico.
E muitos amigos. Na verdade, nenhum amigo meu.
Amigos meus aqui são a chuva e os trabalhos acadêmicos.
Mas meus pais estão rodeados de seus amigos, compartilhando a vida, as piadas, os problemas, as ideias, os desafios, o trânsito de recife e todas as outras coisas que esse tipo de congresso proporciona.



Coisa boa é ter amigos, já diria ~eu mesma~ no novo catálogo da WAD. E que coisa boa!
Acho que Deus fez os amigos e viu que era bom. Era muito  bom :)

02 julho 2013

o Gigante acordou - parte 3 - a trilha do Jeneci

Éramos célebres líricos
Éramos sãos
Lúcidos céticos
Cínicos não
Músicos práticos
Só de canção
Nada didáticos
Nem na intenção
Tímidos típicos
Sem solução
Davam-nos rótulos
Todos em vão
Éramos únicos
Na geração
Éramos nós dessa vez

Tínhamos dúvidas clássicas
Muita aflição
Críticas lógicas
Ácidas não
Pérolas ótimas
Cartas na mão
Eram recados
Pra toda a nação
Éramos súditos
Da rebelião
Símbolos plácidos
Cândidos não
Ídolos mínimos
Múltipla ação

Sempre tem gente pra chamar de nós
Sejam milhares, centenas ou dois
Ficam no tempo os torneios da voz
Não foi só ontem, é hoje e depois
São momentos lá dentro de nós
São outros ventos que vêm do pulmão
E ganham cores na altura da voz
E os que viverem verão

Fomos serenos num mundo veloz
Nunca entendemos então por que nós
Só mais ou menos

(a quick post)

Brasília se tornou cidade de reencontrar amigos, isso é bom.
E se tornou cidade de planejar futuro com os amigos, o que é tão bom quanto. 

01 julho 2013

o Gigante acordou - a parte 2 que deveria ser parte 1

dear diário,
ao som de boas músicas não tão novas por ai, mas novidades por aqui, vou te explicar o que está acontecendo.

eis que um dia, resolveram aumentar R$ 0,20 na passagem de ônibus. 
um movimento chamado "passe livre" começou a mobilizar o pessoal para protestarem contra o aumento.
só que a polícia não soube lidar muito bem com o pessoal, usou e abusou do seu poder.
ai as pessoas, em todo o brasil, abraçaram a causa e foram pras ruas, levando outras bandeiras também.
só que a polícia não soube lidar muito bem com o pessoal, usou e abusou do seu poder.

ai a pessoal, já mobilizado na internet, começou a divulgar fotos e vídeos da polícia abusiva.
e as fotos chegaram em grandes jornais internacionais.
ai, pra completar, vândalos e baderneiros começaram a arruaçar as passeatas.
e a polícia começou a intercalar momentos de abuso com recuadas.
mas o povo não saiu das ruas.
seu grito é mais forte que qualquer abuso ou vandalismo.

hoje, fazem duas semanas da primeira passeata em vitória/vila velha e 20 dias da 1a em SP.
e foram dias intensos pela terra adorada.
a passagem baixou os R$ 0,20 em alguns lugares. 
a pec37 caiu.
a dilma apareceu de amarelo na TV com discurso político do senso comum.
o itamaraty foi quebrado por vândalos.
eu fui com 2 ônibus da missão pra "passeata dos cem mil" em vitória, pedindo por "padrão fifa" em hospitais, escolas e segurança pública.
eu fui pro rio com almeida pra protesto do rio de paz, http://www.youtube.com/watch?v=7SpuidNe2G4
as pautas continuam variadas e o movimento sem um líder específico.
aparentemente, corrupção já se tornou crime hediondo.
renan calheiros e josé dirceu continuam soltos.
a popularidade da dilma caiu para 30%.
marina silva aparece como uma forte candidata para o 2o turno.

mas o que eu nunca vou esquecer, é de me juntar a pessoas desconhecidas e diferentes para pedirmos, juntos, para que o mesmo brasil não fosse mais o mesmo.
fomos pra rua para sermos a voz do gigante que está acordando.
fomos pra rua mostrando o que o filho teu não foge a luta.


são bons e novos tempos, diário.
tempos incertos, com certeza.
tempos de rupturas e decisões.
tempos de reforma, construção e muito trabalho.
mas são bons e novos tempos.